Galeria do Crashed

 facebook   feed   Instagram
 
 

Newsflash

Feliz Natal e um excelente 2019

Feliz Natal e um excelente 2019, são os votos da equipa da Galeria do Crashed !!

Boas Festas 2018

Mazda BT-50 (2006)

Nos dias que correm todos os veículos não podem ser dotados de apenas uma funcionalidade. Existem carros que para além de serem direccionados para o conforto familiar já têm um certo nível de aceleração que lhes permite ter uma conotação de outro tipo. Com isto, certamente já deve ter ouvido falar desta pick-up da Mazda a BT-50. A razão para tanto burburinho? A BT-50 aglomera as funções de todo o terreno às funções de estrada de modo a dar ao condutor uma óptima alternativa para a condução do dia-a-dia seja em que terreno for.

A BT-50 é a evolução da anterior B2500 e em termos de comprimento está cerca de 7 cm maior. É certo que se formos a fazer uma comparação com a B2500 verificamos logo uma diferença ao nível do design. Tem um look mais moderno e com alguns toques desportivos aliado ás portas em cromado que lhe dão um ar mais suave e leve.

O motor da BT-50 é o MZR-CD que evoluiu uns bons 34 cavalos em relação ao anterior. Ficando com 143 cavalos e indo dos 0-100 Km/h em 13 segundos, percebe-se que esta aposta da Mazda está bastante confortável em andar em qualquer tipo de piso assim como em todos os regimestemporais. A BT-50 pesa cerca de 3 toneladas e aguenta uns bons 1300 Kg de carga.

Esta pick-up também é caracterizada pela sua simplicidade e robustez. Foi construída a pensar na condução fora da estrada e é uma escolha bastante boa para quem estiver interessado num veículo off-road que não traga problemas de qualquer nível. Se leva o carro para o trabalho e nos tempos livres desloca-se para a praia, campo ou outro terreno mais rígido esta pick-up poderá ser o que está á procura.

Volkswagen Up tem previsão de lançamento para começo de 2014

O tão comentado híbrido de incrível desenvoltura finalmente será comercializado no Brasil

 Depois de tanta espera dos fãs da série, o substituto do Gol G4 irá começar a circular pelas ruas, estradas e avenidas do país. Sucesso na Europa, atingindo recentemente 250 mil unidades fabricadas na Eslováquia, o subcompacto está sendo produzido em Taubaté – SP, e terá faixa de preço de 30.000 reais.

Segundo o designer brasileiro Marco Pavone, que participou na criação do conceito do carro, pretendia-se fazer um clássico, como fusca, que é um modelo simples. A potência desse automóvel, porém, deixa a simplicidade de lado e vem para surpreender. A motorização tem novo protótipo: o Twin-up, feito com algumas adaptações do XL1, este considerado o carro mais econômico e menos poluente do mundo.

Twin up contém 2 motores com dois cilindros de 800 cilindradas, de 47 cavalos. Um movido a diesel, outro movido a eletricidade. Tem câmbio semi-automático, embreagem em dobro, e sete marchas.  A ênfase em sua desenvoltura não é na velocidade, alcançando 100 quilômetros por hora em 10 segundo e 7 centésimos. O impressionante desempenho do carro com pouco uso de combustível é que impressiona. Seu tanque tem capacidade de 33 litros, e consegue rodar por 3000 quilômetros sem abastecer novamente. Uma média de 90 quilômetros por litro. Com o motor elétrico, o Volkswagen Up opera por 50 quilômetros a 125 km/h.

VW Up já foi visto esse ano circulando pelo interior de São Paulo, fazendo testes. Este veículo inovador virá ao Brasil com mais duas novas séries: a cheer up!, com algumas modificações estéticas e funcionais, como volante de couro, várias cores disponíveis para o dash up interior; e a groove up!, contendo elementos como Fender (renomado sistema de som) e vidros traseiros escuros.

 

Info: www.pecasauto24.pt